Semana do Hip Hop de São Vicente segue até o dia 12

Atividades também fazem referência ao Novembro Negro, de luta contra o racismo

Programação conta com representantes dos cinco elementos do hip-hop | Reprodução
Programação conta com representantes dos cinco elementos do hip-hop | Reprodução

O ‘Movimento Hip-hop Vicentino’,  junto à prefeitura, preparou um cronograma especial na cidade, em alusão às comemorações da ‘Semana do Hip Hop’, até o dia 12 de novembro. Esta será uma semana de rodas abertas ao público com representantes dos cinco elementos que compõem o hip-hop: Breakdance, grafite, rap, DJ e conhecimento. A programação inclui batalhas de rima, dança e muitas atividades alusivas à cultura do movimento. 
“O objetivo é, acima de tudo, mostrar como a cultura hip-hop é capaz, por meio de suas atividades, de gerar reflexão nas pessoas. O movimento muitas vezes foi associado à marginalidade. Felizmente este preconceito tem sido cada vez menos frequente na sociedade, porém ainda existe”, explica o rapper Bruno Pierre.
 
Mais que um gênero musical, o hip-hop é uma cultura popular. O que muita gente não sabe é o contexto que está por trás de toda a história desse movimento. O hip-hop surgiu na década de 1970, no bairro do Bronx, em Nova York, como ato de resistência ao racismo e exclusão social que as pessoas negras em situação de vulnerabilidade no local sofriam.  
 
Hoje o movimento está em evidência, especialmente após o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciar a presença do Breakdance, que é um segmento do hip-hop, na próxima edição dos Jogos Olímpicos. Porém, o movimento surgiu com o objetivo de não se calar à opressão sofrida por essas pessoas, que apenas lutavam por igualdade. 
 
Outro ponto importante é que a Semana do Hip-hop também faz referência ao ‘Novembro Negro’, dedicado à luta contra o racismo em São Vicente. O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. 

Programação da Semana do Hip Hop

Sábado (06)
Local e horário: Teleférico de São Vicente (Av. Ayrton Senna da Silva, 500 - Itararé); 16h às 22h
Atividades: Batalha do Caoz (LGBTQIA )
 
Domingo (07)
Local e horário: Praça Símbolo - Samaritá; 12h às 22h
Atividades: Batalha do Samaracity com Intervenção Multicultural, circuito fotográfico ‘Ocupa Marginal’ e apresentação poética ‘Rimando o Brasil’
 
Segunda-feira (08)
Local e horário: Praça Matteo Bei, 157 - Jóquei Club; 20h às 22h
Atividades: Batalha do Jóquei
 
Terça-feira (09)
Local e horário: Rua Rio de Janeiro, 80 - Vila Ponte Nova; 19h às 22h
Atividades: Batalha do Skinão com circuito fotográfico Ocupa Marginal
 
Quinta-feira (11)
Local e horário: Praça dos Ambientalistas (Rio Branco); 17h às 23h
Atividades: Batalha Rio Brooklyn
 
Sexta-feira (12)
Local e horário: Praça Tom Jobim (Morro dos Barbosas); 18h às 22h
Atividades: Encerramento da semana com Pockets Shows, DJ Jogado, apresentação poética ‘Rimando o Brasil’, batalha de Breaking e All Style, final das batalhas de rima
Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem