Escalas de cruzeiros em Ilhabela devem injetar R$ 81 milhões na economia local

Próxima temporada de cruzeiro será até abril de 2022

Liberação de escalas de cruzeiros ocorre a partir de novembro | Foto: Divulgação/PMI
Liberação de escalas de cruzeiros ocorre a partir de novembro | Foto: Divulgação/PMI

A liberação das escalas de cruzeiros marítimos a partir de novembro fez com que a prefeitura de Ilhabela realizasse tratativas com agências de viagens. Com isso, a cidade contará com 36 escalas para a próxima temporada, que vai até abril de 2022. A expectativa é de que elas injetem cerca de R$ 81 milhões na economia local pelos turistas, seja com a compra de souvenirs, artesanatos e roupas, pelo consumo em restaurantes, bares e quiosques ou ainda passeios turísticos.

Mais notícias

-  Feriado prolongado: Previsão é de chuva no litoral

-  Outubro é marcado pela retomada dos eventos esportivos em Bertioga

A prefeitura explicou que o receptivo de navios em Ilhabela movimenta a economia local, pois cerca de 4 mil pessoas estarão a bordo, entre passageiros e tripulação. “É com muita alegria que recebemos a notícia da volta dos navios de cruzeiros, que ajudará a alavancar a economia da cidade neste momento de retomada. O receptivo vem para agregar nas nossas ações de estímulo à economia, movimentando o comércio e gerando emprego e renda para a nossa população”, declarou o prefeito Toninho Colucci.

Ilhabela é um dos principais portos de escalas de cruzeiros marítimos do Brasil. Com o selo “Safe Travels” concedido pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), o município se tornou ainda mais atrativo devido à segurança no combate à covid-19. Recentes reportagens em importantes veículos de comunicação compararam o município a Nova Zelândia, país que se destacou mundialmente no controle da pandemia.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem