Bertioga ganha ecoponto de petrechos de pesca

Iniciativa busca conscientizar pescadores e visitantes para o descarte adequado 

Ecoponto tem localização estratégica no Píer Licurgo Mazzoni | Foto: Divulgação/Gremar

Bertioga ganhou na quarta-feira, 22, um ecoponto para a entrega voluntária de petrechos de pesca, como parte do projeto Pesca & Recicla, do Instituto Gremar, realizado em parceria com as prefeituras. Desta vez, o local escolhido foi o Píer Licurgo Mazzoni, próximo ao Mercado de Peixes, no Centro.

 

O projeto está sendo implantado em várias cidades da Baixada Santista, fruto de parcerias entre a entidade e o poder público. Com a instalação do ecoponto, a proposta é evitar o descarte incorreto de redes, linhas, anzóis e armações de pesca que, quando perdidos, abandonados ou descartados no mar, representam uma das maiores ameaças à vida marinha. 

 

Estudos indicam que 640 mil toneladas de petrechos são perdidas no mar, entre peças de origem industrial, artesanal ou amadora. Por meio de interação ou ingeridos, eles podem ferir, mutilar e até matar centenas de milhares de animais de diferentes grupos como mamíferos, aves e répteis. 


A proposta da instalação busca a conscientização por meio da interação direta com pescadores amadores, profissionais e turistas visitantes do Pier Licurgo Mazzoni. Para isso, além dos coletores, foram instaladas placas sinalizadoras de identificação, autoexplicativas.  

 

O secretário municipal de Meio Ambiente, Fernando Poyatos, comemorou a parceria. “Contamos com a participação de todos para que utilizem os pontos de coleta e, desta forma, contribuam para salvar a vida dos animais e preservar o meio ambiente”, disse.

Destinação 

O Instituto Gremar informou que os petrechos recolhidos seguirão para a instituição, onde passarão por triagem e serão armazenados em local adequado. Posteriormente, a iniciativa envolverá cooperativas de catadores de lixo locais, para que esses itens sejam reciclados e transformados em novos produtos, equipamentos e materiais. 


“O aumento da interação dos animais marinhos com petrechos de pesca é observado diariamente em nosso trabalho. Entendemos que o Pier é um ponto estratégico para dar continuidade a esta ação, agora em Bertioga, sempre com a perspectiva de ampliá-la para cada vez mais municípios”, comenta Rosane Farah, bióloga e responsável técnica do Instituto Gremar. 


A previsão é de que os próximos ecopontos sejam instalados nas cidades de Peruíbe e Praia Grande.

Gremar 

O Instituto Gremar – Pesquisa, Educação e Gestão de Fauna é uma organização não governamental pioneira, fundada em 2004, no Guarujá (SP). Até o momento, sua atuação resultou em mais de 11 mil resgates e 1,2 mil reabilitações de animais marinhos e silvestres.


Seu quadro atual conta com mais de 40 profissionais e voluntários, responsáveis pelo monitoramento ambiental em plantão 24h, durante os 365 dias do ano. 


Desde agosto de 2015, também é uma das organizações que integra o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos - PMP/BS, sendo responsável pelo Trecho 9, compreendido entre São Vicente e Bertioga. O acionamento do serviço de resgate de mamíferos, tartarugas e aves marinhas, vivos debilitados ou mortos é feito pelos telefones 0800 642 3341 e (13) 99711 4120.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem